• Home
  • Blog
  • 6 fatores que tornam o steel frame uma construção sustentável

6 fatores que tornam o steel frame uma construção sustentável

Se em uma conversa informal alguém propuser o tema construção sustentável, qual a primeira imagem que vem à mente? Tijolos ecológicos? Reaproveitamento de entulho? Casas de madeira de reflorestamento? Podem ser alternativas sim, mas será que causariam o impacto de sustentabilidade que se espera delas? Isoladamente, certamente não! Será, então, que é possível reunir mais de uma opção sustentável em uma única construção? É isso que a gente vai contar pra você no artigo de hoje!

Um único modelo construtivo e diferentes benefícios sustentáveis

A gente vem falando sobre o modelo construtivo Light Steel Frame aqui no blog e já comprovamos sua eficácia em reunir os diferentes benefícios sustentáveis em obras na construção civil. Apresentaremos a seguir nosso top 6 fatores que tornam o steel frame uma construção sustentável. Confira!

#1 Desperdício zero!

Para abrir a lista, a gente traz um fator que nem precisa de explicações! Tem algo que doa mais no bolso e na consciência do que ver paredes de alvenaria novinhas, recém construídas, sendo quebradas em diferentes partes para receber instalações hidráulicas e elétricas? Montanhas de entulho, que enchem caçambas, que encherão lixões, que poluirão a cidade, o estado, o mundo!

Com o modelo em LSF, a geração de resíduos não chega a 1%! Com obras rápidas e limpas, as construções em steel frame têm desperdício quase nulo, fazendo bem ao planeta e ao bolso do cliente!

#2 Construção Seca: consumo de água reduzido ao mínimo

Outro queridinho aqui do blog é o fator 2. Quer coisa mais sustentável que economizar água?! E no sistema LSF, a água, tão preciosa para a humanidade, é utilizada apenas no processo da construção da fundação e na limpeza de ferramentas durante o restante da obra. Isso representa menos de 1% de toda a água consumida em um processo de construção em alvenaria de mesmo porte. Grande diferencial, não é mesmo?

Embora a fundação seja feita em concreto, como em uma obra convencional, as demais etapas da construção são realizadas com materiais que já vêm prontos de fábrica, dispensando o uso de água no canteiro de obras. Isso significa uma enorme economia nos gastos com o abastecimento de água, sem falar da praticidade e da racionalização do uso da água nos canteiros. Como resultado bônus, ainda temos a diminuição do tempo de execução da obra, já que o volume de industrialização é muito maior!

#3 Uso de material reciclável: o aço

Falando em sustentabilidade, é imprescindível falar de reciclagem, certo?! Não é novidade para ninguém que o aço é um material 100% reciclável e que possui um ciclo infindável de reciclagem sem sofrer alterações em sua qualidade. Então, se a base do steel frame, como o nome bem diz, é o aço, temos um sistema construtivo com matéria prima totalmente reciclável. Isso nos dá uma obra sem geração de lixo, pois o resíduo porventura gerado é conduzido a estações de reciclagem, podendo se tornar inúmeras outros itens para uso.

Mas não vá se animando aí e ligando para aquela empresa que recicla aço, não! As sobras são mínimas, porque o aço já vem de fábrica cortado na medida exata do projeto! 

#4 Uso de material reciclável: a lã de PET

Dando sequência aos materiais recicláveis que são utilizados nas construções em LSF, temos a lã de pet, fabricada a partir da reciclagem de garrafas pet e considerada um dos melhores isolantes termoacústicos e o mais utilizado nas construções em steel frame.

Além de ser um produto da reciclagem, a lã pet é produzida sem a utilização de água, em fornos aquecidos com gás natural, onde a emissão de gás carbônico é até 10 vezes menor que no processo de produção da lã de rocha ou de vidro. Sustentabilidade do início ao fim!

#5 OSB: Madeira de reflorestamento

O OSB – sigla em inglês para placa orientada de revestimento – é uma chapa de madeira prensada, tratada quimicamente para preservá-la contra cupins e mofo. Considerado um coringa nas construções LSF, o OSB pode ser utilizado em diferentes momentos e com diferentes finalidades na obra. Sua finalidade que mais atrai é sua capacidade de eliminar o barulho “oco” ouvido nas paredes internas de “dry wall”. Mas o que de fato mais encanta no OBS é o fato de ser constituído apenas de madeira de reflorestamento, respeitando a característica sustentável das construções em LSF.

#6 Climatização

E não é que mesmo depois da obra finalizada, os benefícios continuam?! Como o isolamento térmico das construções em LSF é muito mais eficaz que o das construções convencionais, a transferência de calor entre os ambientes interno e externo diminui, fazendo com que o gasto de energia com a climatização também diminua! Melhor para o bolso do morador e também para o planeta!

6 fatores que tornam o steel frame uma construção sustentável

A Metal Light é referência em LSF

Muito mais que uma tendência da atualidade, as construções sustentáveis são a certeza de economia financeira e de um investimento em qualidade de vida! Para ter um projeto bem estruturado, que se tornará uma obra de qualidade e completamente sustentável, conte com a Metal Light – Sistema Construtivo Sustentável, uma referência no mercado nacional quando o assunto é construção em LSF. Acesse nosso site e conheça todos os nossos serviços!

Metal Light... 6 fatores que tornam o steel frame uma construção sustentável.

Contatometal light

metal light telefone    Minas Gerais

+55 31 3347.6500 metal light
+55 31 99266.8002

metal light telefone    Araraquara/SP

+55 16 99765.3063


e-mail metal light    Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.




Rua Monteiro Lobato, 315 sl 502 - Bairro Ouro Preto - BH/MG
© Metal Light 2016. Todos Direitos Reservados | Desenvolvido por TR4info

"Disse-lhe Jesus: "Eu sou a ressurreição e a vida. Aquele que crê em mim, ainda que morra, viverá;" João 11:25 - Biblia Online